Cerro de Monserrate Bogota Colombia

O que fazer em Bogotá, Colombia

O que fazer em Bogotá, Colombia em um dia de viagem!
Cerro de Monserrate Bogota Colombia
Vista do Cerro de Monserrate Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo

Bogotá é uma cidade linda! E o bom é que mesmo se você tiver pouco tempo por lá já dá para conhecer praticamente toda a cidade. Eu por exemplo, um dia e meio em Bogotá já me rendeu muitos passeios e várias fotos lindas! Assim que eu cheguei, já saí do Hotel direto para o Mirante do Monserrate para curtir o por do sol com a linda vista da cidade!

Bogotá é a capital da Colômbia, e a sua maior cidade. Tem mais de 8,5 milhões de habitantes, a quarta maior cidade da América do Sul, só perde para São Paulo, Rio de Janeiro e Buenos Aires. A altitude dela é acima de 2.700 metros acima do nível do mar. E o Monserrate fica acima de 3.400 metros acima do nível do mar. Então chegando lá é bem provável que você possa se sentir estranho, com dores de cabeça, náuseas e um pouco tonto. Nada que um chá de coca não resolva.

Há várias companhias aéreas que voam para lá, mas a principal é a Avianca (empresa aérea em que trabalho) com voos diários partindo de muitas cidades e países do mundo para o Aeroporto Internacional  El Dorado.  O maior aeroporto do país e o terceiro maior da América Latina.  A moeda local é o Peso Colombiano: 1 Dólar = 2780.00 Pesos.

Avianca
Avianca

Fui no voo da Avianca partindo de São Paulo, GRU Airport com destino a Bogotá.  Aterrizamos perto do meio dia o que me deu tempo para curtir o por do sol em Monserrate.  Me instalei no Hotel, troquei de roupa e parti rumo ao Mirante. Fui de táxi que chamei do hotel.

Deve -se ter muito cuidado com os táxis por lá. Os táxis brancos são os oficiais e atendem quando chamados a partir de lugares de confiança, como o hotel. Os táxis de cor amarela costumam rondar a cidade em busca de passageiros, no entanto os motoristas aplicam um golpe bem rápido e simples que quando você sai do táxi nem percebeu direito que acabou de ser roubado. O motorista diz o preço da corrida, você entrega o dinheiro e ele responde dizendo que uma nota está rasgada e que não pode receber (na verdade ele mesmo que rasgou a pontinha da nota e você nem percebeu), então aponta quais notas ele quer para facilitar o troco (os turistas que não são familiares com a cor das notas acabam caindo no golpe pois confiam na palavra do motorista). Ele fala muito rápido manuseando as notas de dinheiro. Você fica sem ação, ele pega as notas que diz serem as justas e te dá o troco. Descendo do táxi você percebe que tem beeem menas notas na mão, porém o taxista já saiu em alta velocidade e você fica com cara de trouxa!

Mesmo se você perceber o golpe eu aconselho não ter muita reação, pois escutamos histórias de motoristas agressivos, além de andarem armados. O bom mesmo é não arriscar e sempre andar de táxi branco!

Bondinho Cerro de Monserrate Bogota Colombia
Bondinho do Cerro de Monserrate Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo

O Cerro de Monserrate é uma montanha onde encontra-se um mirante com uma vista espetacular da cidade de Bogotá, uma Basílica Santuário Del Señor Caído de Monserrate, um restaurante e uma feira de artesanatos e produtos locais.  Você pode chegar lá caminhando (são 2.350 metros de subido por uma escadaria que parece não ter fim) ou por meio de um bondinho (parecido com o do Pâo de Açúcar no Rio de Janeiro).

Descendo no Mirante, fui em direção à bilheteria para comprar o ingresso do bondinho que custa COP 8.000. Chegando lá em cima estamos a 3.300 metros acima do nível do mar e se você estiver com dores de cabeça e náuseas, encontra-se o chá de coca por COP 3.000.

Tirei muitas fotos da Basílica, do Mirante e da vista da cidade . É muito frio lá em cima, por isso é bom levar um casaco bem quentinho!! O Cerro estava todo decorado com luzes pois era época de Natal. Linda a decoração, principalmente depois que o Sol se pôs.

Igreja do Cerro de Monserrate, Bogotá, Colombia
Igreja do Cerro de Monserrate, Bogotá, Colombia
Cerro de Monserrate, Bogotá, Colombia Photo by @ana.marmo
Cerro de Monserrate, Bogotá, Colombia Photo by @ana.marmo

A feira de artesanatos de Monserrate oferece muitos artigos locais e comidas tradicionais. Não tive coragem de experimentar nada por lá. Sou vegetariana e meio fresca pra comer, além do que a comida fica exposta e as condições não são muito higiênicas. Mas comprei alguns presentinhos pra família! O Pôr do sol é lindo lá, o sol se põe bem no meio da vista da cidade! Todos se juntam para tirar fotos!

Feira de Artesanato do Cerro de Monserrate, Bogotá, Colombia
Feira de Artesanato do Cerro de Monserrate, Bogotá, Colombia

 

 

Feira de Artesanato do Cerro de Monserrate, Bogotá, Colombia
Feira de Artesanato do Cerro de Monserrate, Bogotá, Colombia

 

Novamente, na descida do Mirante fique atento aos táxis que rondam os turistas! Há uma fila para pegar o táxi amarelo, mas volto a aconselhar, não se arrisque com eles. Espere o táxi branco!

Pra quem gosta de agito ou de um bom restaurante, há uma área em Bogotá com vida noturna, bares, pubs e restaurantes. Chama-se Zona Rosa de Bogotá. Uma refeição em Bogotá custa em torno de COP 30.000

No dia seguinte acordei cedo e fui passear no Centro Histórico da Cidade de Bogotá. Construções históricas se misturam com construções modernas e arranha-céus.  Primeiro dei uma passada no Museu do Ouro de Bogotá, (Museo Del Oro de Bogota). Um dos maiores e principais museus do Ouro do mundo com trabalhos pré-colombianos feitos de ouro. São três andares de Museu e muito ouro para admirar. Vale a pena conferir!

Museu do Ouro, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo
Museu do Ouro, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo

Saindo do Museu do Ouro fui em direção ao Museo Botero que fica na área da La Candelaria. A distância é curta e dá para ir andando! O museu funciona todos os dias, exceto nas terças-feiras, das 9 hs até as 19 hs, domingos e feriados das 9 hs até as 17 hs.  O acervo do museu é fantástico. Além de obras do artista colombiano Fernando Botero também conta com quadros de Pablo Picasso, Claude Monet, entre outros. O valor da entrada é gratuita.

Museo Botero, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo
Museo Botero, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo
Museo Botero, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo
Museo Botero, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo
Museo Botero, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo
Museo Botero, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo
Museo Botero, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo
Museo Botero, Bogotá, Colombia. Photo by @ana.marmo

Andando pelo centro histórico você pode conferir os edifícios governamentais e arquitetura colonial. No centro está a Plaza Bolívar com a estátua de Simon Bolívar, líder militar que teve  grande influência da independência das cidades espanholas. Alí também se encontram o Capitólio Nacional, a Primeira Catedral de Bogotá e o Palácio da Justiça.

Centro Histórico de Bogotá, Colombia
Centro Histórico de Bogotá, Colombia

 

A uma distância de poucos metros está a residência oficial do Presidente, como é chamada Casa de Nariño ou Palácio de Nariño. Há militares guardando o lugar, e você não pode andar na calçada que rodeia o Palácio pois os militares armados pedem que você se retire e continue o percurso pela rua.

La Candelaria, Bogotá, Colombia. @ana.marmo
La Candelaria, Bogotá, Colombia. @ana.marmo

 

Please follow and like us:

8 opiniões sobre “O que fazer em Bogotá, Colombia”

    1. Olá Jana!

      Os brasileiros que estão viajando para Colômbia à turismo não necessitam de visto se a sua permanência por lá não ultrapassar 90 dias.
      Na imigração basta apresentar o passaporte ou o documento de identidade desde que não seja emitido a mais de 10 anos e esteja em bom estado de conservação. E isso vale para todos os países do Mercosul também!
      Boa viagem! Abraços!

    1. Oi Beatriz,

      Bogotá não tem a reputação de ser a cidade mais segura do mundo, vi alguns golpes contra os turistas por parte de taxistas, nada muito sério. Mas é claro que nunca podemos deixar a segurança de lado e andar sem rumo sem saber exatamente onde estamos, principalmente com crianças. O fantasma das FARC ronda muito por lá. Sugiro antes de chegar lá já ter um bom roteiro em mãos e saber muito bem aonde você vai e fique longe dos táxis amarelos, peça para o recepcionista do hotel chamar um táxi branco.
      Abraços e boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *