Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo

Cidade Proibida em Pequim

Cidade Proibida em Pequim

Saindo da Muralha da China, seguimos rumo à Cidade Proibida que fica no antigo centro de Pequim. Por ficar bem no centro é de fácil acesso. A Cidade Proibida foi o Palácio Imperial da China durante cinco séculos, desde a Dinastia Ming até o fim da Dinastia Qing. É uma das principais atrações turísticas da China, junto com a Grande Muralha, impossível ir à China e não conhecer esses lugares. Hoje é onde fica o Museu do Palácio.

O nome é meio óbvio, proibida  porque somente o Imperador e seus familiares podiam ter acesso ao prédio imperial. E quem entrasse lá sem autorização do Imperador era executado. É uma cidade dentro de outra cidade. Lá onde foi gravado o filme O Último Imperador e o clipe From Yesterday da banda 30 Seconds to Mars, uma façanha conseguir a autorização do governo chinês para gravar um clipe de uma banda americana e também fechar a Cidade Proibida por um dia, já que milhares de pessoas visitam o lugar diariamente, uma multidão imensa!

Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo

 

Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo
Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo

Dizem que é o maior Palácio do Mundo com mais de 1.000 prédios,  9.999 ambientes e 720.000 metros de área construída em um quadrado plano em um eixo no sentido norte sul.

São inúmeros corredores, pátios com muralhas vermelhas e muitas torres. Logo que entrei na Cidade Proibida já pude ver o Portal do Meridiano, cruzando ele já dá no Portão da Suprema Harmonia, passando pelas pontes (arcos) sobre o Rio das Águas Douradas fica um dos pavilhões mais visitados da Cidade Proibida, a Galeria da Suprema Harmonia. Lá está o Trono do Dragão (onde os imperadores governavam).

Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo
Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo

O passeio é longo e  cansativo. Pois realmente tem que andar muito para percorrer os principais jardins e galerias do lugar. Se você não quer gastar horas vagando pela cidade ou não tem muita paciência para ficar no meio de uma multidão de turistas, aconselho pelo menos conhecer a Galeria da Suprema Harmonia, o Museu do Palácio e a Praça da Paz Celestial. E o bom mesmo é chegar bem cedo, no primeiro horário de visitação.

Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo
Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo

Agora se você tem muita disposição e não se incomoda com lugares lotados, vale a pena ficar o dia inteiro lá andando pelos corredores e sentir como se tivesse voltado 500 anos no tempo. Ano passado o governo Chinês limitou a entrada para 80 mil turistas por dia, para ficar um pouco mais agradável de conhecer e diminuir as filas na hora de comprar o ingresso.

Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo
Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo

 

Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo
Cidade Proibida em Pequim @ana.marmo

A Cidade Proibida abre para visitação todos os dias, porem fique atento aos horários: de abril a outubro, todos os dias a partir das 08:30 hs fechando as 17 hs sendo que a ultima turma entra as 16:10 hs; e de novembro à março todos os dias a partir das 08:30 hs fechando às 16:30 hs, sendo que a ultima turma entra as 15:40 hs.

O valor do ingresso é 60 Yuan (aproximadamente 15 reais)

Para saber mais sobre a China acesse o link, conheça também a Grande Muralha da China e Guangzhou!

Please follow and like us:

2 opiniões sobre “Cidade Proibida em Pequim”

    1. Bom dia Antônio,

      A compra de ingressos online pode ser feita sim, porém o site é apenas em chinês e é feita apenas através de Agências de turismo chinesas. Até porque você precisa de um ID card chinês para finalizar a compra online.
      Como o governo chinês limitou a visitação para 80 mil turistas por dia, 40 mil da cota dos ingressos são vendidos online e outros 40 mil são vendidos na porta de entrada.
      Ou você agenda o tour com alguma agência de turismo onde o ingresso já está incluído, ou você compra o ingresso na hora (foi o que eu fiz e nem achei a fila muito grande).
      Qualquer outra dúvida estou a disposição!

      Abraços e boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *